Simon Menner

Mener coletou essas imagens ao explorar os arquivos da STASI (abreviação para o Ministério para a Segurança do Estado), o serviço de inteligência e espionagem da antiga Alemanha Oriental. Dinanizando-as em novas sequências, longe de uma proposta de denúncia mais direta da violência desses mecanismos de coerção e do uso da fotografia nos processos de vigilância e controle social, as imagens, quase tolas, deslocadas de seu contexto e relocadas em um novo arranjo, atestam, por um lado, pela sua trivialidade e serialidade o caráter risível do procedimento da inteligência, e por outro apontam uma passividade e isolamento social, um padrão de comportamento massificado e um cotidiano tranquilo como si nada de extraordinário estivesse acontecendo.

_
Mener collected these images when exploring the archives of Stasi (abbreviation for Ministry of State Security), the intelligence service and espionage of the former East Germany. Driving them into new sequences, away from a proposal for a more direct report of the violence in these enforcement mechanisms and the use of photography in surveillance and social control processes, the images, almost silly, displaced from their context and relocated into a new arrangement attest, on the one hand, from their triviality and seriality to the laughable character of the intelligence procedure, and on the other hand, they indicate the passivity and social isolation, a pattern of mass behavior and a peaceful routine as if nothing extraordinary was happening.

_
Postbox
www.simonmenner.com
Alemanha /// Germany

FIF BH 2015