Stéphane Huchet

Pesquisador do CNPq, Bolsa em Produtividade. Membro do Comitê Brasileiro de História da Arte. Defendeu sua Tese para Promoção à função de Professor Titular da Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais em 2015. Pós-doutorado na França (supervisão Prof. Jean-Marc Poinsot, Université de Haute-Bretagne, Rennes II) sobre o tema: Documentar a arte, uma investigação sobre os espaços e suportes de apresentação, documentação e construção da memória da arte (2008-09). Doutorado em Histoire et Théorie de l’art, Formation “Formes, Signes, Représentation”, Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (1990). Mestrado em Artes, Université de Paris I (Panthéon-Sorbonne) (1984). Graduação em Histoire, Université de Haute-Bretagne (1981), em Histoire de l´art et archéologie, Université de Paris IV (Paris-Sorbonne) (1982). Publicou os seguintes livros: Fragmentos de uma Teoria da Arte, (Stéphane Huchet, org.) São Paulo: Edusp, 2012 Intenções Espaciais. A plástica exponencial da arte (1900-2000), Belo Horizonte: C/Arte, 2012 Castaño. Situação da Pintura, Belo Horizonte: C/Arte, 2006 Le tableau du monde. Une théorie de l’art des années 1920, Paris: L’Harmattan, 1999. Residente no Instituto de Estudos Avançados Transdisciplinares (IEAT) da UFMG entre agosto de 2015 e julho de 2016. Coordenador do Núcleo de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo de sua Escola no período 2001-03. Chefe do Departamento de Análise Crítica e Histórica da Arquitetura e do Urbanismo da mesma em 2006- 2008 e 2012- 2015 . Tem experiência na área de Artes, com ênfase em História, Teoria e Crítica das Artes.

 

FIF BH 2015